Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica



III Fórum Mundial será em Pernambuco

AddThis Social Bookmark Button
There are no translations available.

 

Pernambuco será a sede do III Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica. O anúncio foi feito pela coordenadora-geral desta edição do Fórum, Maria Clara Kaschny Schneider, na cerimônia de encerramento do evento, nesta sexta, dia 1º, em Florianópolis. A Secretaria Executiva do evento será o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IF-PE).
 
altHavia duas candidaturas, mas apenas Pernambuco manteve a proposta de sediar o III Fórum Mundial de EPT. “Analisamos a proposta de Pernambuco e eles garantem uma série de requisitos exigidos para um evento desta dimensão”, comenta Estradera. 
 
De acordo com Estradera, para sediar o evento, a instituição precisa concordar com os princípios contidos nas cartas do Fórum Social Mundial (FSM) e Fórum Mundial de Educação (FME). 
 
Integrante do Conselho Internacional do FME, Tânia Guerra explica que o Fórum Mundial de Educação acontecerá paralelamente ao Fórum Social Mundial, realizado em anos ímpares no mês de janeiro. “O local do próximo FSM será definido em Outubro, mas há uma grande possibilidade de ser na Tunísia (norte da África)”. 
 
Um segundo objetivo da reunião foi discutir a memória do Fórum e a possibilidade de construir uma biblioteca mundial de Educação. “Temos que catalogar e disponibilizar virtualmente todos os documentos de forma que qualquer pessoa tenha acesso aos materiais, às cartas de cada Fórum, por exemplo”, explica Estradera. 
 
A expectativa pernambucana
 
A reitoria do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), Cláudia Sansil, explicou por que a instituição se candidatou para sediar o III Fórum Mundial de EPT: “Percebemos que tínhamos estrutura, vontade de sermos o primeiro estado no Nordeste a realizarmos um evento desta envergadura, deste porte. Este evento é de congraçamento, de inclusão, de discussão desta diversidade que existe no próprio Brasil. Pernambuco está qualificado, tem toda infraestrutura e o apoio do governo do estado, o apoio dos gestores e dos estudantes”, comenta. 
 
Cláudia também comentou a participação de Pernambuco no II Fórum. “Pernambuco foi a maior delegação do Fórum. Viemos com mais 150 pessoas que chegaram aqui com muita vontade para que essa candidatura fosse vencedora. Como nordestinos, temos a característica do acolhimento e esperamos fazer uma outra festa para a educação profissional”, finaliza.
 
(com reportagem de Juliana Motta)
 
Receba as Novidades do Fórum em seu e-mail.